segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Atualização Patrimonial - Outubro 2017

Como vão amigos? Mais um mês na firme luta da Independência Financeira!

Esse mês consegui aumentar em 2,2% o meu patrimônio em relação ao mês anterior, atingindo 21,9% da meta para Independência Financeira!

Números Rápidos:

Taxa de poupança: .............37% ....(sobra do salário)
Aporte: ......................1.661,70 .....(Detalhados aqui)
Renda Passiva: ..............R$ 375
Rentabilidade no mês: .......4,2%
Rentabilidade no ano: ...101,7 %



  • Alguns Gráficos do Patrimônio

Mais um mês o patrimônio subiu!!!


Taxas ótimas! Vamos manter isso aí!

PI> Patrimônio Indicado para Idade / MPS> Patrimônio Mínimo para Sobrevivênvia / PNIF> Patrimônio Necessário para Independência Financeira


  • Alguns Gráficos da Carteira de Investimentos
Boas rentabilidades basicamente oriundas de negócios de compra e venda

Sigo Firme na estratégia de renda fixa para formar uma proteção contra imprevistos e liquidez para oportunidades




  • Balanço Detalhado


  • Vida profissional

Sigo firme em busca de uma promoção onde trabalho. Se já leram esse meu post aqui, sabem que apresentei minhas dificuldades e contei muito com a ajuda dos senhores, obrigado!

Estou lendo o livro "Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas" de Dale Carnegie. Que livro!
Primeiro livro na vida que estou lendo com bastante calma, capítulo por capítulo, fazendo resumos e lembretes de bolso. É um desafio imenso que o autor propõe, mas vale a pena! É exatamente o que estou precisando.

Os resultados já estão vindo, e os amigos do trabalho estão elogiando. Além da questão comportamental, investi também na minha imagem. Agora estou sempre de barba e cabelo feitos, além de um estilo mais social com direito até de pasta social e relógio de pulso. kkkkk
Onde trabalho esse modo de vestir não é tão estranho, então está valendo. Muitos já me procuram para decidir situações como se eu fosse o supervisor da área, e lógico que eu assumo a bronca!


  • Rankings

Estou participando do super ranking do amigo Tio Patinhas Investidor. Acho muito interessante participar pois os amigos analisam nossos balanços e fazem comentários bem legais sob uma ótica diferente.

Não sei o porquê do Tio Patinhas estar sumido ultimamente, tomara que o ranking continue, pois era bem legal! Gostaria de participar de outros rankings, mas parece que isso é uma das coisas mais difíceis da Finansfera! kkkk

Também fui citado do Blog D'UÒ como o 31º blog mais acessado da Finansfera. Isso me surpreendeu muito, visto que comecei meu blog 80 dias atrás. Fiquei feliz, mas alguma coisa me diz que isso está errado! (kkkk) Eu acompanho pelo Google Analytics e não tenho tantos acessos assim... De qualquer forma estou feliz com os amigos que estou fazendo e das inúmeras coisas que estou aprendendo com os blogs da comunidade. Estou com uma meta de 10 postagens por mês, vamos ver se consigo.

Um abraço e mais uma vez obrigado por estarem aqui acompanhando esse humilde blog,

Senhor Bufunfa

IMPORTANTE: Este post não é uma indicação de investimento ou algum tipo de análise financeira. Não faço esse serviço e não tenho qualificação para fazê-lo. Sou apenas um investidor amador que gosta de compartilhar as decisões pessoais.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Já é Hora de Chegar nas Gatas!

E aí Bufunfeiros! Hoje o tema é diferente pra caramba!

Tenho acompanhado praticamente tudo da finansfera desde que conheci a poucos meses, mas já deu para conhecer alguns companheiros que possuem pensamentos bem parecidos no tocante às mulheres e relacionamentos. São ideias como:
Mulher só fica com caras que tem muito dinheiro, homem feio não pega ninguém, mulheres são vagabundas se "dão" logo de primeira, é muito difícil encontrar uma mulher que combina comigo e etc.

Acredito que são pensamentos equivocados. Eu mesmo já tive muita dificuldade na vida nessa parte das garotas, principalmente até os 22 anos. Por isso gostaria de ajudar com a minha experiência a respeito. Do mesmo jeito que um dia viemos a adquirir educação financeira e descobrir um novo e maravilhoso mundo, da mesma forma você pode se tornar um vencedor na arte de conquistar as mulheres. Só o dinheiro não garante nada, a não ser que queira que elas só vejam isso de atraente em você!

Duas coisas mudaram grandemente minha vida. Umas delas foi a educação financeira, e a outra vocês estão sabendo agora: Tornei-me mais confiante e seguro, e comecei a ter sucesso na área amorosa.

Para tanto, observo que minhas principais mudanças de atitude que proporcionaram essa guinada foram:

  • Comecei a ter a iniciativa do contato e interação física
  • Parei de me preocupar com o que achavam de mim
  • Fazia exatamente o que tinha vontade de fazer
  • Parei de me abater com "tocos" e resolvi aprender com a experiência
  • Parei de acreditar que necessitava de aprovação externa. Eu me basto!
  • Deixava claro minhas intenções com as garotas ao invés de esconder o que pensava
  • Independente do resultado, sempre fui cavalheiro. Não era ser idiota, era ser inteligente e não deixar ninguém te fazer desmoronar.


# O Game

Encarei tudo como um grande "game". Sabia que não adiantava começar querendo encarar o "chefão" da última fase, que nesse caso pode ser entendido como a gata mais desejada da cidade.
Precisava começar da primeira fase, o que significou ficar com algumas garotas não tão desejadas assim. Alguns podem querer pular essa etapa, mas ela é super importante para pegar confiança e exercitar suas habilidades no jogo. Reparou que em alguns games a primeira fase é focada mais em te ensinar os comandos e a sistemática do jogo? Cara, é igualzinho! Não tenha vergonha de nada. Muitas dessas garotas ainda me ajudaram com muitas dicas mais tarde.

Pare de inventar desculpas como: Ela deve ser comprometida, ela só fica com quem tem dinheiro, não tenho nada em comum com ela e etc. Isso são desculpas que você cria para não assumir o controle da sua vida amorosa pois tem medo te dar o primeiro passo.

Vamos jogar? Dentre as várias coisas que aprendi nesse tempo, posso destacar algumas que serão muito úteis para "zerar o jogo"


>>> Reflexão Pré Jogo. 11 Pontos Fundamentais <<<

  1. Analise experiências negativas e dolorosas esquecidas no passado. Pense em coisas que mais de uma garota já falou para você. Se existe repetição nesses comentários negativos, talvez seja um importante ponto de melhoria.
  2. Ninguém está pronto, e todos nós temos hábitos que precisamos muito corrigir. Preste atenção aos pontos que mais te fazem sair na desvantagem na hora da conquista.
  3. Aperfeiçoar-se não é vestir-se de outra pessoa para abordar as garotas. Não seja quem você não é. Nunca tente imitar um amigo "pegador".
  4. Você não precisa deixar de ser você para conquistar uma garota, mas isso não significa que não seja muito interessante observar-se e aperfeiçoar-se constantemente.
  5. Em sua maioria, as mulheres não buscam caras ricos. Elas apenas não querem um fracassado sem perspectivas e aspirações na vida.
  6. Elas não dão importância à beleza no mesmo grau que nós homens damos. Um feio estiloso com atitude tem resultados satisfatórios!
  7. Elas não dão a mesma importância à beleza quanto você, mas não achem que um bom físico não as deixam atraídas! Corra para academia! Já passei por isso e sei que no início é chato pra caramba! Depois de 3 meses você começa a gostar, e depois de alguns anos nunca mais você quer largar! Além da grande vantagem de ter um "shape" desejado pelas gatas, você ganha uma confiança e segurança incrível! Não ignore essa dica! Não pense que você será vítima de "bullying" lá. Em sua maioria são pessoas na mesma situação que você.
  8. Não demostre um interesse muito elevado por alguma garota. A maioria das garotas entende isso como doença ou obsessão. Segure a onda!
  9. Não existe só uma mulher no mundo. Se algo deu errado em um relacionamento anterior ou você se apaixonou platonicamente por uma garota, esqueça. Não fique dando murro em ponta de faca. O mundo é enorme e com certeza existem garotas bem melhores para você.
  10. Seja o porto seguro e mostre-se sempre confiante. Por mais que as mulheres queiram parecer fortes e independentes, toda mulher quer um porto seguro. Não pensem que estou falando de dinheiro! O homem é porto seguro para tudo, inclusive na questão da administração financeira. Reparou como é raro mulheres aqui na finansfera? Admitindo ou não, no subconsciente delas a provisão e segurança partem do homem.
  11. Não caia na tentação de achar que todas as garotas são para pegar. Muitas são tóxicas e não valem a pena nem para uma noitada após a balada.

Tire um tempo para refletir nisso. Você vai ver que lá no fundo seu instinto masculino já sabia de tudo isso. Não demore também... Nada melhor do que partir para ação, ainda mais quando a ação é ficar com uma mulher!

Como investidores, procuramos sempre o maior retorno com o menor esforço. Vamos aplicar a mesma lógica no jogo?


>>> Como chegar em uma garota da forma mais "rentável"? <<<


> Não espere que as mulheres cheguem em você, isso raramente ocorre. Você quer raramente ficar com alguém?

> Não beba demais para tomar coragem. Geralmente não funciona, e as mulheres reconhecem à distância um covarde que bebe para tomar coragem. Só beba socialmente.

> É normal sentir uma ansiedade absurda nos minutos que antecedem o contato. Quanto mais você abreviar esse tempo, menos a ansiedade gerará medo em você. Mas também não chegue direto sem antes dar uma paquerada e estar ciente que ela percebeu isso. Também não espere demais, com simples gestos é fácil perceber se a garota está receptível à você.

> Não fique planejando antes o que vai falar. Isso é pior pois gera mais ansiedade e apagão na hora H. Não pense muito, apenas comece uma conversa educada e agradável. Não seja formal demais, afinal você tem que deixar claro suas intenções. Se ficar nervoso não tem problema. Algumas garotas até acham "engraçadinho", e o mais importante você já demonstrou a ela que é sua coragem e iniciativa.

> Você pode já estar no limite da sua coragem, mas não espere a garota ficar sozinha para aproximar-se. As mulheres geralmente andam acompanhadas e é uma forma instintiva de proteção delas. Vá até lá! Veja que muitos fazem isso e nunca ninguém morreu por isso. Elas já esperam por isso, e antes de você chegar lá certamente já comentaram de você. Elas estão tão ansiosas como você!

> Saiba que você vai ouvir muito não. Isso não significa que você não é bom o bastante ou um beta desgraçado e sofredor. O homem em 99,9% das vezes está interessado em ficar com uma garota em qualquer hora e lugar. Já no caso das garotas, isso é diferente. Existe o risco de você chegar em uma dessas e ouvir um não. Não significa que você não é bom. Existem aquelas gatas que estão na eterna esperança de reatar com um amor antigo (muitas mulheres são assim), aquelas que estão de TPM e aquelas que não querem deixar a amiga sozinha. Na verdade existem inúmeros outros motivos para ouvir um não sem que o motivo seja a desaprovação da sua pessoa. Da mesma forma que temos as nossas preferências quando o assunto é mulher, elas também possuem.

Veja um exemplo:

Na faculdade tínhamos uma amiga loira muito gata. As vezes saíamos com a turma em uma balada e muitos chegavam nela e levavam fora. Todos que não a conheciam sequer imaginariam que ela só gostava de ficar com "negão" como ela mesmo falava. Também já aconteceu comigo de levar um não de uma garota, e 10 minutos estar com outra duas vezes mais atraente. Isso acontece! Só não acontece se você nunca chegar em ninguém.

Isso mostra que cada um de nós tem preferências distintas. Ser "rejeitado" pelo outro significa apenas que você não tem o perfil procurado. De forma alguma estabelece o seu valor como homem.



# Táticas de Combate

Contato Visual


As mulheres adoram uma paquera, e não é algo ultrapassado. Elas sempre se comunicam de várias formas indiretas e você precisa entender que a paquera assim como a preliminar é muito importante para a mulher. Entenda isso como uma vantagem. Nesse estágio você descobre logo o interesse de uma mulher sem precisar levar um toco. Boas dicas são observar se ela olha para você por algum tempo, empina os seios, toca bastante o cabelo, fixa o olhar em você as vezes e tenta manter uma boa postura.

Sempre paquere de forma humorada sem parecer um palhaço. Cada garota é uma garota. Sabendo disso, não esteja preparado para aplicar a mesma cantada com todas. Não é para ficar personalizando detalhadamente cada palavra para uma pessoa que nunca conheceu, apenas seja natural. Durante a paquera observe na garota pontos interessantes que podem ser usados para tornar a aproximação mais agradável. Não existe uma frase pronta que vai fazer a mulher cair em seus braços.

Seja disputado, ou pelos menos tente passar essa impressão. Se você é desejado por outras garotas, provavelmente elas te acham atraente e a garota vai ficar curiosa a descobrir o que é. Procure andar com companhia feminina. Mulheres se interessam mais por homens com companhia feminina. Elas imaginam que para uma mulher estar acompanhada por você, provavelmente é um cara interessante. O que não faltam são caras babacas que só andam com outros babacas. Aqui vale a amiga da sua irmã, sua prima, amiga e etc. Só não é bom querer provocar ciúmes em alguém que você nem abordou ainda. O papel da companhia feminina não é esse.


Aproximação

Cada garota tem seu próprio "time" (em inglês, tempo)
Ontem você conheceu uma garota que em dois minutos já estava te beijando, que bom! Não espere que seja assim com todas. As vezes é necessário um investimento maior. Pense bem... É uma mulher! Sempre valerá o esforço. (Isso se não forem anos para o primeiro beijo ou cama kkkkk)
Isso também vale para desenvolver um afeto por você se assim deseje.
Saiba diferençar uma garota difícil de uma garota que não está afim. Ficar insistindo demais só prejudicará sua fama.

Evite ao máximo criticar qualquer coisa durante a conversa.
Não toque em assuntos sensíveis, ainda mais quando for contrário à opinião dela. O que você quer é a garota bem receptiva, e não na defensiva.

Não ande com uma metralhadora, seja um sniper!
Você pode atirar bastante, mas seja discreto. Será muito ruim que todas as gatas saibam que está atirando para todos os lados. Existirão algumas noites que você não conseguirá nada, mas não aborde todas as mulheres do local a ponto que isso seja notório para todo mundo.

Sempre elogie sem vulgaridade
Poucas coisas na vida são tão deliciosas quanto um elogio verdadeiro. Não perca essa oportunidade. A maioria das garotas são inseguras quanto a elas mesmas. A regra é: Quanto mais atraente ela for, menos elogios você fará. Existe um motivo: As mais gatas recebem elogios babões o tempo todo! Você é diferente, pois manterá ela interessada por outros meios e não por meras bajulações. O elogio não tem o mesmo efeito para uma garota normal em comparação com uma super gata.
Não foque nos elogios do físico da gata, muitos outros elogios podem surtir efeitos melhores. Busque fazer comentários em forma de elogio que valorizem a companhia e intelecto da garota.

Desperte o desejo nela
Não fique se oferecendo na cara dura, faça ela te desejar. Mostre as vantagens a ela de maneira natural sem parecer que está sendo esnobe ou metido.

Interesse-se por ela e pelo que ela está falando
Deixa ela perceber que você lhe dá profunda atenção no que ela diz. Ela sempre estará mais interessada nela mesmo do que em você, portanto na maioria das vezes ela preferirá falar dela. Mostre que está interessado, pois ela se sentirá valorizada. Só nos interessamos nos outros quando eles se interessam por nós.

Sorria
Ações falam mais alto que palavras, e um sorriso diz: “Gosto de você. Você me faz feliz. Estou satisfeito por vê-la”.

Exerça a liderança
É super importante passar essa imagem. Pequenos gestos de tomar a iniciativa ou ser solicitado pelos amigos para conselhos é bem visto por elas.

Equilíbrio Emocional
Você não é um garoto pirracento que fica bicudo quando é contrariado. Você é um homem maduro que sabe lidar com as situações. Mulheres odeiam crianções.

Seja Social e Político
Não se isole. É muito mais fácil uma garota se interessar por você em uma balada se estiver acompanhado até por seus amigos. A mulher é naturalmente social, e esperam no mínimo uma companhia cativante. Se ninguém quer ficar ao seu lado para conversar, por que ela ficaria para ainda mais coisas?

Nunca esqueça o nome dela!
Essa é uma das primeiras informações a serem coletadas. Uma das palavras mais agradáveis aos nossos ouvidos é nosso próprio nome, já repararam? Lembrar o nome da gata, de preferência nome e sobrenome, será muito bem visto. Esquecer ou perguntar novamente tem o efeito oposto multiplicado por 10!

Confie no seu Talento
Você pode até ficar inseguro com coisas idiotas quanto o tamanho do seu p**, mas nunca demonstre isso. Demonstre segurança e plena convicção das suas capacidades de satisfazer sexualmente a garota. Não exagere também ao querer fazer propaganda de pegador ou símbolo de masculinidade. Mulheres geralmente não gostam de exibicionistas.

Contato Físico
Não seja apressado e nem tardio. Tudo é questão de abertura. Você pode chegar tascando um beijo, mas isso é mais aceito em alguns ambientes específicos. Via de regra é melhor começar com um carinho nas mãos, pegar na cintura da gata, um beijo no pescoço, um beijo na boca e ir evoluindo. É bom para quebrar o gelo e deixar a garota com o desejo de quero mais. Sempre observe a reação dela e vá evoluindo conforme verifica que ela está confortável. Você não precisa jogar cerveja na garota para ter uma desculpa de tocá-la. Vocês dois estão se conhecendo por um motivo, então ela espera isso de você.


Captura


Após você já ter iniciado a conversa com a gata, observe se ela acaricia objetos, afrouxa alguma parte da roupa, esquece um pouco da bebida, fica próxima de você, e demais comportamentos que indicam interesse.
Se tudo ocorreu bem até aqui, é hora de capturar a gata! Como vai terminar a noite depende de você. São bons indicadores de alto interesse: Muitos sorrisos, muitos toques no seu corpo, sempre olha profundamente para você, aumento de apetite indicando aumento do interesse por prazer. A parte da comida é verdade mesmo. Já repararam que mulher adora levar comida para cama? Eu sendo homem nunca pensei nisso e acho até meio estranho, mas de alguma forma tem muita associação na mente feminina. Nunca pergunte: Quer transar? Conduza a situação de forma que tudo aconteça sem necessidade de perguntas. Não dê opções para levar uma negativa da gata, desenvolva o desejo e envolvimento dela que não será necessário perguntar nada.

# Finalizando

Na prática é tudo muito fácil não é mesmo? A experiência acumulada te ensinará muito mais que um post sobre o assunto! Então vá logo e perca o medo! Desejo sorte porque você merece!

Abraços do Senhor Bufunfa!

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Saia RÁPIDO das Dívidas! Como fazer


Eu já fui bem endividado, então falo por experiência própria. Só quem sai desse pântano consegue agora visualizar de fora o perigo que estava correndo. Hoje sou feliz, mais próspero, confiante e esperançoso. Já relatei nos posts Fogo de Palha?Trato Feito! e Engordando o Leitão a situação na qual estava e expliquei resumidamente como me livrei daquela vida financeira louca.

Hoje quero ajudar de verdade quem lê o blog a sair de uma situação financeira difícil.

É bom até mesmo revisar essas importantes lições que a vida nos dá. As vezes me pego lendo livros como "Pai Rico, Pai Pobre" ou "Os Segredos da Mente Milionária" pela décima ou vigésima vez. Acho muito importante sempre voltar aos conceitos fundamentais para solidificar isso na mente. Desequilibrar-se é mais fácil do que manter o equilíbrio!


# Desequilíbrio Financeiro

Por que perdemos o controle sobre nossas finanças? Essa eu sei o porquê pois já passei por isso: É porque consumimos sem planejamento, fazemos empréstimos para amigos sem responsabilidade e enxergamos cada parcela do financiamento individualmente como se fosse uma única conta.

Se é para falar de desequilíbrio, vamos começar chutando o balde!

Vilão nº 1.

O exemplo clássico é a "paixão de todo brasileiro". Sim! Isso é uma mensagem subliminar dita diretamente na TV (existe subliminar direta?). Ter um carro na garagem quase sempre é importante. Ele pode ser usado em momentos de emergência, para percorrer longas distâncias economizando tempo e também para o nosso conforto e da família. Ultimamente com a facilidade de conseguir um financiamento, muita gente fica animada em comprar um carro luxuoso ou ainda comprar outro carro. Isso pode ser a decisão que faltava para desequilibrar de vez o orçamento.

Eu sei que o transporte público é péssimo, a poluição sonora e visual é terrível, e as filas nas grandes capitais para o ônibus e metrô desanimam. No entanto, antes de correr para uma concessionária e descobrir que as prestações cabem no seu bolso é preciso lembrar: Independente de comprar a vista ou financiado, os custos de ter um carro vão bem além do que aquela parcela do financiamento.

Sabia que em um ano as despesas podem chegar a 1/3 do custo do carro? Então em 3 anos os gastos comprariam um carro novo! Até 2 carros novos se você comprar financiado.

Está assustado? Pegue esse carro aí que está na sua mente agora e pesquise com a ajuda do brother Google:

IPVA, DPVAT, Seguro, Licenciamento Anual, Depreciação (o quanto seu carro perde valor com o tempo), Custo de Oportunidade (Quanto você receberia de juros se aplicasse o valor do carro), Manutenção, Combustível, Estacionamento, Financiamento e Outros Gastos como batida, multas e etc.

Se você mora em uma cidade que tem Uber, por que não usa o serviço? O que não faltam são motoristas de Uber lucrando pouco e achando que ganham bem porque não enxergam estes gastos ocultos!


Vilão nº 2




É o cartão de crédito! Isso porque você não sabe usar! O que ele mais quer é ser seu amigo. Ele ajuda no fluxo de caixa adiando o pagamento das compras em até 40 dias. Ele também te permite fazer uma melhor gestão das finanças ao permitir o pagamento de todas as contas em um único dia, além de eliminar a necessidade de anotar todos os gastos. Vem tudo descrito na fatura do cartão não é?
Ele ainda te dá dinheiro! Você consegue acumular milhas ou obter cashback com o seu uso. Vejam no post Economize Agora! dicas super quentes para utilizar e ganhar dinheiro com o cartão.




Mas é preciso ter disciplina... Existem regras que você tem que cumprir:

  1. Compre só o que precisa
  2. Antes de pagar com o cartão verifique se existe desconto para pagar à vista
  3. Planeje. Sem não vai conseguir pagar no fim do mês, deixe para o próximo
  4. Nunca pague menos que o total da fatura e nunca entre no rotativo

Já está endividado nele? Existe saída! (Experiência Própria)

Enquanto você ainda paga algum valor mensalmente, a administradora não vai renegociar a dívida. A saída é parar de pagar para negociar um desconto nos juros. Com isso você perde o limite de crédito e fica com o nome sujo, mas é um dos caminhos para voltar a ter uma vida financeira estável. Você também pode obter um empréstimo pessoal com juros menores para pagar o cartão, mas geralmente nessa segunda opção você paga mais caro que a primeira.

Além destes dois vilões, existem inúmeros mostrinhos menores que você nem enxerga! Qual a solução? Se você está praticamente cego para isso, a solução são óculos financeiros!

Opa! Isso existe? Sim, e inicialmente você não vai gostar muito de saber o que é! Se chama planilha de ganhos e gastos! Hehehehehe


# Planilha de Ganhos e Gastos
É verdade, não tem outra saída. Até existem hoje em dia aplicativos de smartphone que prometem fazer um controle para você, mas nunca vai ser a mesma coisa em minha opinião.

Para a maioria das pessoas o mais difícil não é fazer a planilha, afinal o que não faltam são modelos prontos. Sabia que grande parte das pessoas que iniciam esse controle não duram nem 6 meses? Além de falta de persistência, é normal que a falta de intimidade com a planilha cause essa desistência.

É preciso que cada um personalize a sua de acordo com as próprias características. É por isso que sou contra aplicativos de celular. Preencher uma planilha e analisar os resultados requer um tempo mínimo de concentração e reflexão, e não é um aplicativo no meio de tantas notificações de Whatsapp e Facebook que lhe proporcionará isso.

Comece em um "Excel da vida" com um controle bem simples que você se sinta confortável e vá evoluindo aos poucos. Quando eu iniciei a minha planilha tinha poucas linhas e colunas, mas hoje tem várias informações que não me deixam perdido em momento nenhum. Pelo contrário, é minha melhor amiga na tomada de decisões financeiras.

Persista! Coloque como meta passar de 6 meses fazendo esse controle, pois a partir disso vira rotina e você começa a ver as vantagens e começa a gostar. Na parte das despesas uma boa dica é diferenciar as despesas fixas, variáveis e supérfluas.

Comece com o corte dos supérfluos. Só gaste com presentes se puder e mesmo assim pesquise antes. Procure fazer programas de lazer alternativos mais baratos (nem por isso mais chatos). Cuidado com o gasto com celular! Por que você ainda faz ligações se existem inúmeros aplicativos que fazem isso mais em conta? Cuidado no Supermercado! Aí vão excelentes dicas:
  1. Evite compras por impulso. Coisas não essenciais podem ser deixadas para uma próxima vez e refletidas sua necessidade por mais tempo.
  2. Anote os gastos com pequenas compras. O valor final pode te assustar.
  3. Só vá ao supermercado sem fome
  4. Faça uma lista de compras. (Essa me ajuda muito)
  5. Compre alguns produtos em maior quantidade quando estiverem em uma boa promoção.
Vou dar exemplos de categorias de despesas para você fazer sua planilha:

Alimentação, casa, comunicação, educação, filhos, juros, lazer, pessoal, saúde, transporte e outros

O planejamento o ajudará a saber de onde vem e para onde vai o seu dinheiro.

A pior parte de fazer um planejamento financeiro em uma planilha é lançar aquelas notinhas de valores menores que lotam a carteira. Dá trabalho mesmo! Esses gastos como cafezinho, bala, água e etc fazem a diferença, ainda mais se forem rotineiros. Eles podem não ser tão pequenos como você pensa.

Quer uma dica? Use a tecnologia a seu favor. Use ao máximo o seu cartão de crédito ou débito, pois assim a operação fica registrada e você tem uma fonte de consulta segura sem precisar anotar nada na hora. Se for realmente preciso pagar em dinheiro, faça isso no bloco de notas do seu celular. Eu faço isso e não tem complicação.

Crie uma planilha de controle para as contas como se a sua casa fosse uma empresa. Existem tantas pessoas "experts" nos negócios e um fiasco nas finanças pessoais! O motivo é que não levam as próprias finanças tão à séria como deveriam.


#Casamento
Se você não é solteiro, precisa pensar nas finanças da família e não somente individualmente.
Uma decisão precisa ser tomada. A quantidade de informações a ser compartilhada precisa ser analisada. Isso varia de casal para casal e já falei disso no post Minhas 5 Polêmicas Regras de Finanças para Casais.

Se você achar melhor abrir o jogo, o envolvimento de todos é essencial para sair das dívidas e economizar. Comece a atribuir responsabilidades consentidas em grupo entre os membros da família. Cada um tem sua responsabilidade de fiscalizar um tipo de gasto e ajudar a registrá-lo.

Ainda temos algumas particularidades especiais. Sabemos que grande parte dos problemas de relacionamento dos casais começam com o dinheiro. A falta ou o excesso. Algumas dicas são:

Abra um conta corrente conjunta para gerenciar os pagamentos relacionados ao dia a dia. Essa conta também será utilizada para concentrar os investimentos para as metas do casal. Até em casos mais extremos como falecimento ou hospitalização, a conta poderá ser movimentada sem que haja maiores complicações.

A Poupança e os gastos podem ser definidos de acordo com a renda de cada um. Também é recomendável abrir uma conta individual para gastos pessoais de cada um.

Independente das táticas acima, o mais importante é aprender a lidar com o perfil do cônjuge e criar condições para que os sonhos e metas sejam conquistadas e comemoradas pelos dois (3 ou 4 se depender da Globo). Dependendo do perfil de cada um, o relacionamento tem tudo para dar certo, ou tudo para dar muito errado.


# As Regras

São regras para ter as finanças saudáveis:
  1. Gastar menos do que ganha
  2. Definir metas que deseja atingir
  3. Possuir reserva financeira para gastos inesperados
  4. Só contrair dívidas em último caso, e que podem ser pagas com folga e em pouco tempo
  5. Investir regularmente e corretamente
  6. Possuir seguros essenciais
  7. Se auto conhecer, como influências que interferem no seu impulso por consumo
  8. Você merece! Presenteie-se com regularidade e responsabilidade pois você merece
  9. Não trace metas absurdas que não serão atingidas e só te desmotivarão
  10. Usufrua o máximo possível do seu dinheiro desde que cumpra todas as regras anteriores
Depois se seguir todos esses passos e colocar ordem nada casa, o objetivo é fazer sobrar dinheiro semanalmente não é?


# É hora de investir! 

Sabe aquela conversa boba de ficar rico com uma super dica ou jogada financeira? MENTIRA! Para fazer sua grana crescer é necessário disciplina.

Tenha consistência nos aportes mensais nos investimentos. Você era tão bom em pagar as parcelas de financiamentos... Lembra? Crie uma transferência mensal automática para os investimentos, pois assim "dói" menos.

Pode começar na poupança. O mais importante no início é a disciplina para gastar menos do que ganha, investir mensalmente, e fazer o controle e análise de gastos.



Com o tempo e dedicação aos estudos (nem é tanto assim), você terá acesso a outros investimentos bem fáceis e com mais rentabilidades como Tesouro Direto, CDBs, LCIs, LCAs e fundos. Se quiser ir mais além, fique a vontade! Sempre existem coisas a aprender. Porém entenda que o mais importante de tudo você conquistou, que é a educação financeira. É ela que te fará tomar as rédeas da sua vida!




Não pare por aqui. Recomendo a leitura dos livros já comentados no início do post, a saber:

Pai Rico, Pai Pobre
Os Segredos da Mente Milionária


# É hora de dar Tchau!

Ficaria muito grato se desejasse também escrever um blog (de preferência anônimo) para relatar sua jornada. Se preferir pode também fazer um diário pessoal. Você não tem noção de como escrever e refletir frequentemente dá uma injeção e ânimo e persistência!

Boa sorte na sua jornada! Sucesso!

Abraços do Senhor Bufunfa!

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Meus Sonhos e Metas

Bom dia meus amigos!

Vou compartilhar com vocês algo pessoal que sai direto do forno para o Diário do Bufunfa.

Recentemente passou na empresa que trabalho uma coaching. Nunca vi uma maneira tão fácil de ganhar dinheiro! Lembrei de um post que vi aqui na finansfera que falava sobre como hoje em dia está uma porcaria esses cursos devido a todo mundo intitular-se "coaching". Realmente a mulher só falava coisas triviais que qualquer um falaria facilmente após ler meia dúzia de livros do Augusto Cury. Porém nem tudo foi perdido!

Durante os dois dias de duração falando coisas óbvias e sentimentalizando tudo, além de coisas como massagens e sorrisos para quem estivesse ao seu lado e demais bobices, uma das coisas me fez refletir.

SIMPLES! Ela pediu para colocarmos no papel nossos sonhos. Para cada sonho que escrevêssemos, ficaríamos refletindo 5 minutos sobre ele. Eu sabia que precisava fazer essa atividade faz tempo, então chegou a hora!

Vocês verão que preciso de pouco para ser feliz! Não riam!

Vamos lá!


# 1 - Casa
> Até jan/2028

Eu sempre morei em bairros muito ruins, casas e apartamentos apertados e com vizinhança mal educada. Meu sonho é morar em uma casa grande, confortável e bonita. De preferência sem muros e em um condomínio fechado. Eu sonho com uma casa típica de subúrbio americano. Não precisa ser uma casa cara ou luxuosa, mas valorizo bastante o espaço interno e externo e um bonito jardim. Também sonho em morar fora do Brasil, mas quem sabe não é? Seria algo tipo isso aqui:



# 2 - Carro
> Até jan/2030

Não almejo carros caríssimos ou esportivos. Meu carro ideal é um popular de primeiro mundo. Quero chegar um dia que não precise me espremer com minha família em um carro 1.0 e preocupar-me com o preço da gasolina. Não gosto de Caminhonetes, SUV's e segmentos diferenciados. Gosto mesmo é de um bom Sedan. Veja abaixo carros simples que me deixariam plenamente satisfeito.





# 3 - Lazer
> Até jan/2033

Quero poder viajar. Eu adoro passear com amigos e família. Não preciso ser um mochileiro para ser feliz, pois gosto de trabalhar. Mas quero viajar para todo Brasil e o mundo. Quero poder viajar no carnaval, nas férias, no inverno, no verão, e também nos feriados prolongados. Preciso ter grana para isso. Não vejo muitos outros maiores prazeres na vida maiores que esse. Fico me imaginando nesses lugares:























# 4 - Avião
> Até jan/2042

Não riam, não é para bancar o rico! Vejam que não faço questão de ter um carrão, então porque eu quero um avião? Simples: Não gosto de ficar em um lugar só! Muitas vezes eu faço viagens de um lado para o outro e perco várias horas dirigindo. Sempre odiei depender de transporte público. Quando era adolescente eu andava de bike para todo lado, mesmo se fosse um pouco longe. Por isso também não quero depender de avião das linhas comerciais. Primeiramente precisaria morar perto de um aeroporto grande, e segundo, nem todos os lugares que quero visitar possuem aeroporto. Para pegar uma linha aérea comercial só faria mais sentido se fosse um grande trajeto. Para trajetos dentro do Brasil seria ótimo possuir um avião tipo esse que sai por somente 450 mil reais:



# 5 - Uma casa na Serra
> Até jan/2035

Muitos sonham com uma casa na praia, eu sei. Mas sou do tipo que curte natureza, sossego e paz. Ainda vou ter uma casa na serra para passar momentos de descanso e reflexão. Adoro o clima e a paisagem. Pode ser algo bem simples como a foto abaixo.



# 6 - Independência Financeira
> Até jan/2025

Independência Financeira nível 1 (veja aqui) que possibilite renda passiva para cobrir meus gastos mensais atuais. Atualmente 21,4% atingido


Voltarei mensalmente neste post para mentalizar meus sonhos e atualizar nos balanços mensais sobre quanto falta para conquistá-los.

Obrigado pela visita! A saga continua!


sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Dúvidas e Aporte de Outubro


Bom dia Bufunfeiros e Bufunfudas!

Hoje compartilho com vocês meus aportes e mudanças na carteira de investimentos do Bufunfa.

Seguindo a minha estratégia de investimentos já definida aqui, os aportes continuam direcionados para a renda fixa.

Dessa vez apliquei R$600 no CDB do banco Sofisa com liquidez diária pagando 100% do CDI e R$ 2.000 no CDB do banco Pine com liquidez diária pagando 103,5% do CDI. Desse valor, utilizei R$ 928 da poupança e R$ 1.672 de grana nova.

O Banco Pine está registrando prejuízos nos últimos trimestres e apresenta um índice de basiléia de 14,6 (jun/17). Não estou tão preocupado pois é normal bancos médios enfrentarem dificuldades nessa recessão, porém já estamos saindo do fundo do poço. O FGC (Fundo Garantidor de Crédito) que dá garantia de até R$ 250 mil também dá uma boa tranquilidade na hora de investir. Veja abaixo os resultados do Pine.

Fonte: https://bancodata.com.br/relatorio/pine

A outra mudança na carteira foi a quitação antecipada de um dos empréstimos que realizo aos meus amigos confiáveis com juros de 2,5% ao mês. Também acabei concedendo um novo empréstimo de R$ 1.548 com as mesmas taxas de juros.

Fazendo o balanço entre o valor resgatado com a quitação antecipada e o valor do novo empréstimo, calculo um aporte de 336 reais em empréstimos.

Antes que me chamem de agiota ou coisa parecida, vejam que estou cobrando menos do que os bancos estão cobrando para a modalidade de empréstimo consignado para o setor privado.
A diferença é que eu não recebo os pagamentos descontados da folha de pagamento dos meus devedores, portanto corro um risco maior. Sou um bom samaritano! rsrsrs

Fonte: http://minhaseconomias.com.br/blog

O resumo da ópera é: Aportes de outubro até o momento totalizam R$ 2.008. Nada mal para mim!

Agora vou pedir uma ajuda de vocês. Confesso que não sou especialista em investir em fundos, e essa semana recebi um e-mail que me chamou a atenção pela consistência nos resultados e rentabilidade apresentada em todo o período.

Pelo que percebi é um fundo de fundo sem cobrança de taxa de administração. Para mim faz muito sentido, pois o único objetivo do fundo é comprar cotas de outro fundo que já possui taxa de administração.

Gostaria que me ajudassem com pontos a serem observados para avaliar a viabilidade deste investimento. Por onde começo a análise?

Essa oportunidade apareceu através do BTG Pactual. Veja abaixo:

 *Início do fundo em 8/05/2007. Período considerado até 29/09/2017.
** O fundo disponível na plataforma (Constellation Institucional FIC FIA Access) compra cotas do mesmo fundo Master que o Constellation Ações FIC FIA, cuja performance foi utilizada para a elaboração do gráfico por possuir um histórico de performance mais longo.
Fundos de investimento não contam com a garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos - FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura.

IMPORTANTE: Este post não é uma indicação de investimento ou algum tipo de análise financeira. Não faço esse serviço e não tenho qualificação para fazê-lo. Sou apenas um investidor amador que gosta de compartilhar as decisões pessoais.

Hoje foi rápido mesmo não é? Deixem nos comentários vossas contribuições por favor!

Abraços e até mais!

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

O PIB e suas Loucuras


Olá amigos do Bufunfa! Vamos atacar de economia novamente?

PIB. Está aí um indicador mundialmente conhecido por economistas e não economistas. Todos estão cientes entre a correlação entre este número mágico e a qualidade de vida e situação econômica de determinado país. Mesmo em países socialistas ou comunistas, ou quaisquer outros que tenhamos dúvidas quanto à sua gestão econômica, raramente este indicador é burlado.

Mas o que você conhece dele? Ele mensura tão bem assim o reflexo da economia em sua vida? Antes de mais nada precisamos fazer um brevíssimo resumo do conceito de PIB.

Resumindo, o PIB é o valor monetário total do que foi produzido dentro de um país durante certo período de tempo. Normalmente medido em ano, mas também pode ser trimestral ou mesmo mensal.
O cálculo é o pelo valor agregado, que desconsidera os insumos intermediários.

O que "raios" é esse insumo intermediário?

Vamos dar o exemplo de uma marcenaria. O marceneiro ganhou em três meses equivalente a 18 mil reais, mas ele gastou 5 mil com insumos intermediários como madeira, 1 mil com pregos e 1 mil com cola. Portanto o marceneiro agregou apenas 11 mil de valor aos insumos. Precisamos descontar o valor dos insumos para não contar várias vezes os mesmos valores. Lembre-se que também serão contadas no PIB as produções do vendedor de prego, cola e madeira.

PIB significa Produto Interno Bruto. Bruto porque não subtrai o consumo dos bens de capital. Nesse caso podemos dar como exemplo o desgaste das ferramentas do marceneiro que um dia precisarão ser trocadas.

Agora vamos mostrar que o PIB não é algo tão preciso ou confiável assim. Nem por isso não seja válido calculá-lo.

O PIB considera sempre a produção a preço de mercado, porém grande parte da produção de um país ocorre fora do mercado. Então o governo (órgãos responsáveis) super competente e bem administrado "chuta" esses valores baseados em um cálculo tenebroso.

Exemplos:

Em muitas regiões existe a agricultura de subsistência, onde tudo o que é produzido é consumido. Então o governo chuta uma quantidade que é produzida desta forma e também chuta o valor de mercado de cada bem produzido. Isso vale para tudo que é produzido que não passa pelo mercado, não somente no setor da agricultura.


Outra "bizarrice" são os custos de habitação. Sabia que as pessoas que possuem casa própria pagam aluguel para si mesmas a um preço de mercado "chutado" pelo governo? Sim! O PIB é calculado considerando isso.

Para todos produtos que não passam formalmente pelo mercado através de compras e vendas, é "chutado" um valor de mercado para o mesmo. Isso envolve muitas suposições, gerando imprecisão nos números.


Você sabia que existem "produções" que sequer são consideradas? O trabalho doméstico não entra na conta se não for através de um emprego formal de uma empregada doméstica ou diarista.

Olha só que interessante:

Imagina que você é solteiro e ganha 5 mil por mês. Como ganha bem, resolve contratar uma empregada doméstica por mil por mês. Com essa grana a empregada gasta com roupas, maquiagens, sapatos, e demais coisas de mulher.

Você se apaixona e casa com sua empregada. Ele deixa de ser sua empregada formalmente e passa a ser sua esposa que realiza os mesmo serviços domésticos. Você como bom esposo separa parte do seu dinheiro para que a amada continue comprando suas roupas, sapatos e maquiagens.


O que mudou na prática? NADA. O que mudou na teoria? Você contribuiu para a diminuir o PIB do seu país!

Sim, estas estranhezas fazem parte do cálculo do PIB que consideramos um valor sagrado e absoluto.

Já repararam como o PIB em vários países subiu substancialmente nas décadas de 60, 70 e 80? Reparou que isso coincide bastante com a época com que as mulheres saíram de seus lares e buscaram um emprego no mercado? Será que existe alguma relação? Vai saber não é?

Em resumo podemos concluir que medir conceitos e métricas em uma economia não pode ser comparado com os resultados obtidos de ciências exatas como física ou química por exemplo.

Mas acredito que isso não quer dizer que devemos ignorar os números da economia. Sem ter uma ideia das taxas de desemprego, crescimento, produtividade e etc, é impossível tomar algum tipo de decisão ou posicionar-se neste mercado.

Meu lema é: Acredite duvidando.

Abraços do Senhor Bufunfa


terça-feira, 17 de outubro de 2017

Riqueza e Religião Combinam?


Bom dia amigos do Bufunfa!

Hoje o tema é um tanto incomum em nosso bate papo diário na Finansfera.
Podem a Religião e a Riqueza caminharem juntas em harmonia na vida de uma pessoa?

Existe um senso comum equivocado de que a religião Cristã (que será a base da reflexão de hoje) é contra a riqueza e a favor da pobreza. Será?

Excluindo os ateus por motivos óbvios, será que todos da Finansfera que buscam a independência financeira estão condenados ao inferno?

O texto hoje é voltado não para evangelizar ou disciplinar os leitores. Tenham em mente que é uma reflexão oferecida aos amigos cristãos. Aos irmãos e amigos de outras religiões ou ateus que quiserem ler o post por curiosidade, peço perdão se em algum momento se sentirem ofendidos de alguma forma, pois não é meu objetivo. Sempre vou respeitar todas as crenças e opiniões.

"Texto sem contexto é pretexto para heresia"

É baseada na afirmação acima que pretendo destrinchar as afirmações da Bíblia que muitos cristãos usam para defender o comunismo e abstenção de bem materiais.

Gostaria de informar de antemão que tenho fé cristã mas não sou frequentador de igreja ou algum tipo de líder religioso. Meu conhecimento da Bíblia provêm da mesma curiosidade que tenho dos demais temas que também estudo frequentemente.

Também cabe salientar uma grande diferenciação que necessita ser feita quando estamos falando deste tema. Falar de fé e religião é diferente de falar de igreja X, Y ou Z. Não estamos falando de católicos, evangélicos ou testemunhas de Jeová. Não me venha falar que só existem ladrões gananciosos e charlatões em todos os lugares. Da mesma forma que é ignorância afirmar que todas as instituições religiosas são puras e bem intencionadas, afirmar o contrário também é tolice.

Abaixo abordarei os 7 principais mitos sobre dinheiro e pecado


# Mito 1 - Acumular Riqueza é Pecado
Baseados em alguns textos fora de contexto e análise equivocada, são muitos que pregam que o dinheiro é a "raiz de todo mal". Muitos também entendem errado a narrativa de Jesus quando orientou:

"Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me." Mateus 19:21

A mesma Bíblia que muitos afirmam ensinar a doutrina da pobreza, também nos conta que Deus fez de Salomão o homem mais rico sobre toda a terra. Também fez de José vice governador do Egito e também possuidor de muitas riquezas. E Jacó que chegou à uma nova terra com as mãos abanando, saiu riquíssimo com um grande rebanho de toda a espécie de animais.

Será a Bíblia contraditória como muitos dizem?
Será mesmo que Jesus era contra a riqueza e por isso orientou o jovem a vender tudo o que possuía? Será que não foi uma forma de mostrar para aquele jovem que o mais importante para ele era o dinheiro ao invés de Deus?

Não seria a primeira vez que Deus testa o homem. Vocês já devem ter ouvido falar da história de Abraão que levou seu filho Isaque para ser sacrificado a pedido de Deus. O final a gente já conhece. Deus não permitiu que Abraão concebesse o fato, revelando posteriormente que este era apenas um teste de sua fé.

Na verdade o dinheiro não é a raiz de todo mal

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro.” (Mateus 6:24)

"Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” (1 Timóteo 6:10)

Veja nesses dois versos que o problema não é o dinheiro ou a quantidade dele. O problema é o amor ao Dinheiro. O que significa este amor?

É trocar Deus pelo dinheiro como sendo o mais importante na sua vida. É você achar que o dinheiro é que te trará segurança, salvação e felicidade. É você achar que é maior ou mais importante por causa do dinheiro.

Dinheiro não compra felicidade, saúde ou amor. Você também não compra essas coisas com Deus, pois com Ele essas coisas são dadas de graça.

Será que seu amor ao dinheiro é tanto que te faz perder o sono com os rumores do mercado?

“Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco quer muito; mas a fartura do rico não o deixa dormir.” (Eclesiastes 5:12)

Reparem que o trabalhador não é necessariamente o pobre, afinal "quer coma pouco, quer muito".
Mais uma vez a diferença que se dá entre o Trabalhador e o Rico é o amor ao dinheiro


# Mito 2 - Juros é Pecado, logo Investimentos à Juros também
A base para esse entendimento ignorante está aqui:

"Se alguém do seu povo empobrecer e não puder sustentar-se, ajudem-no como se faz ao estrangeiro e ao residente temporário, para que possa continuar a viver entre vocês. Não cobrem dele juro algum, mas temam o seu Deus, para que o seu próximo continue a viver entre vós. Vocês não poderão exigir dele juros nem emprestar-lhe mantimento visando a algum lucro." Levítico 25:35-37

Mas a mesma Bíblia ilustra uma outra história chamada parábola dos talentos. Vou resumir a história:

"Um homem rico, que se ausentando de seu país, chama alguns de seus servos e lhes dá seu dinheiro para que administrem enquanto estiver fora. Cada um desses homens recebeu uma quantidade. Aquele senhor, depois de muito tempo, volta e resolve acertar contas com os três homens que estavam incumbidos de administrar suas riquezas. Dois deles administraram muito bem, porém, aquele que recebeu menos foi duramente criticado e punido, pois não fez aquele talento que recebeu render durante todo aquele tempo. O homem rico termina dizendo:

"No mínimo o que eu esperava era que tivesse dado o meu dinheiro aos banqueiros, e quando eu viesse, receberia o meu com os juros."

Parece que o CDB é mais antigo que imaginávamos hein! kkkkkk

Será a Bíblia contraditória?

Repare bem que a Bíblia não proíbe os juros, mas proíbe que você haja como um agiota aproveitador. A Bíblia te orienta a não aproveitar da pobreza extrema de uma pessoa que passa necessidades para atolá-la ainda mais em dívidas. Você tem coragem de ver um irmão passando fome, e ao invés de ajudá-lo exercendo a caridade, aproveitar a situação para emprestar a juros para ganho pessoal?
Lembre-se que em tempos remotos a pessoa que não pagava a dívida tornava-se escrava literalmente de seu credor. Muitos usavam a tática de emprestar para pessoas necessitadas no intuito de ganhar um escravo com o potencial calote.

É muito diferente da situação de emprestar dinheiro à alguém que não está passando necessidade mas que queira fazer a compra de um bem de valor considerável, ou antecipar a compra de um item dando como garantia uma renda futura. É ainda mais justificável esse empréstimo quando o objetivo for investimentos em algum tipo de negócio que produzirá riquezas para o tomador.


# Mito 3 - Ricos não entrarão nos Céus
“E, vendo Jesus que ele ficara muito triste, disse: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!” (Lucas 18:24)

Esse verso faz parte da parábola do Jovem Rico que foi orientado por Jesus a vender tudo o que possuía e dar aos pobres.

Jesus não afirma que pessoas prósperas não entrarão nos Céus, somente os ricos terão essa dificuldade.

Qual a diferença??? Para nós aparentemente nenhuma, mas no contexto daquela parábola tem muita diferença.

Neste contexto o rico é quem ama a riqueza e é servo dela.

“Quem amar o dinheiro jamais dele se fartará; e quem amar a abundância nunca se fartará da renda; também isto é vaidade.” (Eclesiastes 5:10)

Veja que as pessoas que amam o dinheiro e abundância nunca se fartarão. São essas as pessoas que dificilmente entrarão nos Céus. É a clássica diferença entre "amar ou usar" as coisas. Eu abordei essa diferenciação anteriormente neste post aqui


# Mito 4 - Dinheiro é Sujo e advém da Exploração de Pessoas
Muitos falam que o dinheiro é sujo pois é necessário explorar as pessoas para acumular riquezas.

Será? Vejam?

“O que trabalha com mão displicente empobrece, mas a mão dos diligentes enriquece.” (Provérbios 10:4)

“A riqueza de procedência vã diminuirá, mas quem a ajunta com o próprio trabalho a aumentará.” (Provérbios 13:11)

“Vale mais ter um bom nome do que muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a riqueza e o ouro.” (Provérbios 22:1)

Para resumir: É impossível acumular riquezas sem trabalho duro. O que trabalha sem afinco e foco não acumula nada. O dinheiro deve ser honesto, pois o que vem de fontes erradas além de te fazer pecar, logo será perdido de alguma forma. Mais importante que o dinheiro é a índole e o caráter.


# Mito 5 - O Cristão NÃO deve Estudar sobre Dinheiro
Dedicar tempo de estudo à economia e investimentos não é amar o dinheiro. Não é o tempo gasto que vai te dizer o que você ama. Isso está relacionado a importância e posição que isto tem em seu coração.

“De que serve o dinheiro na mão do tolo, já que ele não quer obter sabedoria?” (Provérbios 17:16)

Entenderam né?

# Mito 6 - Fazer as Contas dos Gastos é Avareza
Será mesmo que temos que sair comprando e não ver o preço de nada? Ser detalhista em relação para onde está indo o seu dinheiro é avareza?

“Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?” (Lucas 14:28)

A Bíblia nos ensina a ter planejamento e fazer tais contas! Então não é avareza, pelo contrário, é sabedoria.

# Mito 7 - Independência Financeira é Loucura e Pecado
Este mito é baseado na passagem bíblica abaixo:

"Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te. Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?"

Mas esquecem de completar com a frase de Jesus que vem logo a seguir:

"Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus."

O que torna este complemento tão valioso a ponto de quebrar esse mito?

Jesus não estava condenando uma pessoa por juntar muitos bens ou tesouros para viver bem o resto dos dias. A ideia central é que ele buscou o conforto material e se esqueceu da vida espiritual. É isso exposto na diferenciação entre rico para si mesmo e não rico para com Deus.

Ser rico para com Deus é viver com Deus. O homem foi sábio quando se planejou para viver confortavelmente, mas foi tolo por esquecer o aspecto mais importante da sua vida que era o lado espiritual. Como a crença do cristianismo é a vida eterna com Deus, é uma conclusão lógica investir mais em algo eterno do que em algo temporário, não concordam?

Lembrem que José do Egito também construiu inúmeros depósitos e guardou as riquezas produzidas pela nação durante vários anos. Quando chegou a época da crise (escassez e seca) havia com o que se sustentar e viver confortavelmente.

Qual a diferença entre José e o homem do primeiro exemplo?

Eu digo: José também era rico para com Deus


Conclusão

Obrigado se você chegou até aqui. Realmente este tema muitas vezes afasta as pessoas. Isso deve-se ao fato de ser abordado por pessoas que afirmam ser possuidoras da verdade.

"Religião e política não se discutem!"

Será? Eu creio que se discutem sim, mas por pessoas que sabem conversar.
Espero que tenha abordado o tema de forma respeitosa expondo a minha maneira de ver as coisas.

Mais uma vez volto a dizer que o objetivo é propor uma reflexão para aqueles que assim como eu tenham a fé cristã. O objetivo não é converter pessoas ou afrontar suas crenças.

Espero que as palavras acima sejam de alguma valia.

Obrigado e até o próximo post!

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Sobre os Gastos da Vida de Casado

Olá amigos o Bufunfa!

Estava esperando fazer um ano de casado para mensurar o quanto esse novo estilo de vida modifica o aspecto financeiro. Agora tenho 12 meses completos de dados e posso fazer gráficos e análises! Como eu gosto de estatísticas! Sou aquele tipo de pessoa que tem tudo detalhadinho. Faço isso por hobby e não por pão durismo! Se me perguntarem quantas vezes eu tomei cerveja esse ano eu sei, inclusive com datas e valores! kkkk. Eu sou anormal, eu sei... Mas hoje em dia com smartphones e aplicativos de cartões de crédito fica muito mais fácil.

Se você ainda não casou e está pensando nisso, acho esse post muito bom para você! No meu caso, somente eu trabalho e pago as contas por enquanto. Vamos ver como foram os gastos e minha taxa de poupança nesses 12 meses?



Antes de falarmos detalhadamente dos gastos, vamos logo falar da taxa de poupança. Antes de casar a minha maior preocupação era de que não sobrasse nada ao fim do mês para aportar no projeto da independência financeira. A taxa de poupança é representada no gráfico acima como o RESULTADO LÍQUIDO. O valor de 1.052,43 é o que sobrou mensalmente em média . Isso representa 22% do meu salário médio mensal que é de 4.700,02. O salário médio mensal é a soma de todos os rendimentos provenientes do meu emprego (exceto FGTS) no ano dividido por 12 meses.

Agora alguns comentários breves sobre nossos gastos:

  • Seção VERMELHA

Gastos pessoais com:

HIGIENE E BELEZA - Corte de cabelo, escova, unha, cremes...
LAZER - Sair, beber, passear...
MUSCULAÇÃO - Academia (fomos pouco, precisamos voltar!)
RECARGA DE CELULAR - precisa explicar?
VESTUÁRIO - todo tipo de roupa
OUTROS - Qualquer gasto de cunho pessoal de baixo valor, como presentes.
  • Seção AZUL
Gastos com mercado, sendo que considero apenas gastos referentes a alimentação, higiene, limpeza e supérfluos
  • Seção AMARELA
Gastos com padaria
  • Seção MARROM
Gastos em comer fora em restaurantes, ou comprar comida pronta para comer em casa

  • Seção ROXA

Gastos de transporte com:

COMBUSTÍVEL
MANUTENÇÃO do veículo
IMPOSTOS
MULTAS de trânsito
OUTROS, como passagens de ônibus, táxis, uber, limpeza.

  • Seção LARANJA

Gastos com a compra de Bens que não são considerados na contabilização do patrimônio

  • Seção VERDE

Gastos de moradia com:

LUZ
GÁS
CONDOMÍNIO
INTERNET
OUTROS, como troca de lâmpadas e pequenas manutenções
  • Seção ROSA

Gastos com SAÚDE, como remédios e exames
  • Seção CINZA

Gastos com educação, como cursos, livros, taxas de provas e etc.


E aí? Qual foi o impacto nessa mudança de vida?

Para isso preciso comparar com anos anteriores que estava na vida de "gandaia".
Para simplificar, não acho necessário detalhar todos os gastos desse período.
Vou apenas comparar as taxas de poupança:

Ano de 2015
Salário Médio Mensal: 4.344
Taxa de Poupança: 42%

Últimos 12 meses (vida de casado)
Salário Médio Mensal: 4.700
Taxa de Poupança: 22%

Como podem ver, no meu caso a vida de casado diminui SIM a taxa de poupança, mesmo o salário médio sendo maior agora.

Porém, considere que eu vivia com meus pais quando solteiro. Tenha certeza absoluta que se eu morasse sozinho essa diferença não seria tão grande assim!

Na minha opinião, um bom casamento vale a pena SIM! Como o objetivo da independência financeira vai muito além de metas financeiras mensuráreis como já comentei aqui, tenho certeza absoluta que é a melhor escolha que tomei em minha vida.

E agora? Vai casar?

Abraços do Senhor Bufunfa!

Blogs Recomendados